Telecine celebra os 70 anos de Steven Spielberg

Por Nerd Start
Em Séries & TV
dez 16th, 2016
0 Comentários
134 Views

Responsável por incontáveis produções premiadas no Oscar, Steven Spielberg completa 70 anos no dia 18 de dezembro. A Rede Telecine homenageia o cineasta exibindo cinco de seus premiados filmes em três canais. No Telecine Premium, vai ao ar às 10h50, de Ponte dos Espiões. No Telecine Touch, serão três produções com a marca do diretor em sequência. Às 13h35, vai ao ar O Resgate do Soldado Ryan. Logo depois, às 16h40, tem Prenda-me se For Capaz. Em seguida, às 19h15, será exibido A.I. – Inteligência Artificial. Às 22h, o Telecine Cult encerra o dia de homenagens com a exibição do clássico Tubarão. E no Telecine Play, é possível assistir a qualquer momento, além desses, a Jurassic Park – O Parque dos Dinossauros, Munique, Minority Report – A Nova Lei, Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida, Indiana Jones e o Templo da Perdição, Indiana Jones e a Última Cruzada e Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal.

Ponte dos Espiões – Indicado em seis categorias do Oscar e premiado na de Ator Coadjuvante, o longa conta a história do advogado especializado em seguros James Donovan (Tom Hanks). Ele recebe a missão de defender o espião britânico Rudolf Abel (Mark Rylance), acusado pelos americanos de trabalhar para os soviéticos. Inexperiente na área, Donovan se vê no centro da tensa relação entre Estados Unidos e União Soviética naquele período ao ser mandado a Berlim para intermediar a troca de Abel por um prisioneiro americano.

O Resgate do Soldado Ryan – O filme consagrou Spielberg com o Oscar de Diretor e ainda venceu nas categorias de Fotografia, Edição, Efeitos Sonoros e Som. A produção aborda, durante a Segunda Guerra Mundial, o episódio conhecido como “Dia D”. Naquela ocasião, o capitão Capitão John Miller (Tom Hanks) recebe uma missão quase impossível. Acompanhado de mais sete homens, ele precisa encontrar o soldado James Ryan e garantir sua volta para casa com vida. Ryan é o caçula de quatro irmãos, sendo que os outros três morreram em combate.

Prenda-me se For Capaz – Indicado ao Oscar nas categorias Trilha Sonora e Ator Coadjuvante, o longa é baseado na história real do mestre na arte do disfarce Frank Abagnale Jr. (Leonardo Dicaprio). Frank aproveitou suas habilidades para praticar golpes milionários, que fizeram dele o ladrão de bancos mais bem-sucedido dos Estados Unidos antes de completar 19 anos. Mas, no seu encalço, está o agente do FBI Carl Hanratty (Tom Hanks), que fará de tudo para capturá-lo.

A.I. – Inteligência Artificial – A produção concorreu ao Oscar nas categorias Trilha Sonora e Efeitos Especiais. Para evitar o desequilíbrio causado pelo aquecimento global, foram criados os robôs chamados “Mecha”, que são idênticos aos humanos e capazes de sentir emoções. Dave (Haley Joel Osment) é um modelo criança desses robôs, que sonha ser um menino de verdade.

Tubarão – O Primeiro filme da franquia faturou as estatuetas do Oscar de Som, Edição e Trilha Sonora. O verão e as férias na praia de Amity, litoral da Nova Inglaterra, estão ameaçados após ataques-surpresa de um tubarão branco a turistas. Embora o prefeito queira esconder os fatos da mídia, o xerife local (Roy Scheider) pede ajuda a um especialista (Richard Dreyfuss) e a um pescador veterano (Robert Shaw) para caçar o animal.

Jurassic Park – O Parque dos Dinossauros – Vencedor do Oscar nas categorias Som, Edição de Som e Efeitos Visuais. Com o auxílio da engenharia genética, um milionário traz à vida dinossauros extintos há milhares de anos, criando um imenso parque em uma remota ilha. Porém, quando os gigantes pré-históricos começam a ameaçara vida dos visitantes, seu sonho acaba virando um grande pesadelo.

Munique – Indicado ao Oscar nas categorias Filme, Diretor, Roteiro Adaptado, Edição e Trilha Sonora. O filme retrata a tragédia real acontecida durante as Olimpíadas de Munique em 1972. Após atentado fatal no alojamento de atletas israelentes, um agente (Eric Bana) vai atrás de palestinos para encontrar os culpados.

Minority Report – A Nova Lei – Indicado ao Oscar de Edição de Som. Em 2054, detetive responsável por departamento que impede o acontecimento de crimes se vê obrigado a fugir e fazer sua própria investigação quando é identificado como futuro criminoso. Suas próximas 36 horas serão para evitar sua prisão e descobrir os motivos dessa acusação.

Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida – Vencedor do Oscar nas categorias Direção de Arte, Som, Edição e Efeitos Visuais. O arqueólogo Indiana Jones precisa encontrar a Arca da Aliança, uma relíquia bíblica que contém os dez mandamentos. Como o portador do artefato se torna invencível, os nazistas também vão fazer de tudo para conquistar esse precioso objeto.

Indiana Jones e o Templo da Perdição – Vencedor do Oscar de Efeitos Visuais e indicado também na de Trilha Sonora. Depois de chegar à Índia, Indiana Jones tem como missão resgatar uma pedra roubada por um cruel feiticeiro. Acompanhado do parceiro Short Round e da cantora Willie, ele descobre uma mina onde crianças são escravizadas e se depara com cultos de sacrifício humano nas catacumbas de um antigo palácio.

Indiana Jones e a Última Cruzada – Vencedor do Oscar de Efeitos Visuais. Em sua jornada, Indiana Jones tem que enfrentar novamente a ameaça do exército nazista, que sequestrou seu pai e roubou seu diário numa incessante busca pelo Cálice Sagrado. Cabe ao aventureiro, salvar seu pai, o Santo Graal e a humanidade desta terrível ameaça.

Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal – No quarto filme da série, o cenário é a Guerra Fria. Indiana Jones e o jovem Mutt buscam a Caveira de Cristal, um objeto místico de grande valor, mas logo percebem que não estão sozinhos. Soviéticos liderados pela cruel Irina Spalko também querem o objeto para tentar dominar o mundo através dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

facebook comments: