Com 24 novos títulos DC Comics anuncia “batalhão” de lançamentos

Por Nerd Start
Em HQs
fev 9th, 2015
0 Comentários
209 Views

DC Comics anuncia 24 novos títulos-00Todos esperavam por mudanças na linha editorial da DC Comics em junho, depois de um hiato de dois meses, nos quais os títulos mensais são substituídos pelas minisséries da saga Convergence. Agora a editora enfim começou a mostrar o tamanho da mudança.

Batman and Robin, Constantine, Earth 2, Justice League Dark, Justice League 3000, Red Hood and the Outlaws e Supergirl não voltarão do hiato, embora boa parte delas seja substituída por títulos similares.

Em junho, a DC lançará 24 novos títulos, entre revistas mensais e minisséries, prometendo ainda mais para os próximos meses. O selo Os Novos 52 enfim desaparecerá das capas, mas isso não significa um retorno à antiga cronologia. Numa declaração que deixa mais dúvidas do que esclarece algo, a editora afirma que essa nova fase será mais livre da cronologia, dando mais liberdade aos autores, com histórias mais contemporâneas e acessíveis. Clique aqui para ver imagens de alguns desses títulos.

Entre as revistas mensais está um novo volume de Justice League of America, com aventuras da Liga da Justiça livres da cronologia, escritas e desenhadas por Bryan Hitch, que, segundo rumores, estaria trabalhando no título nos últimos dois anos.

O desenhista Pat Gleason também se tornará roteirista, comandando sozinho a revista Robin, Son of Batman, estrelando Damian Wayne. Mais Robins estarão em We Are Robin, com roteiro de Lee Bermejo e arte por Rob Haynes e Khary Randolph. Embora não tenha sinopse divulgada, faz alguns anos que existem rumores sobre uma revista reunindo os vários Robins.

A Liga da Justiça Dark retorna em Dark Universe (mesmo nome do filme da equipe que está sendo desenvolvido por Guillermo del Toro), com roteiro de James Tynion IV e arte por Ming Doyle. Aparentemente na mesma linha mística, está Mystic U (titulo provisório), com roteiro de Alisa Kwitney e mais nada revelado. Substituindo Constantine está Constantine: The Hellblazer, com roteiro de Ming Doyle e arte por Riley Rossmo.

O Sr. Destino também ganha título próprio, escrito por Paul Levitz, com arte de Sonny Liew. A Sociedade da Justiça retorna em Earth 2: Society, com roteiro de Daniel Wilson e arte por Jorge Jimenez.

As estrelas de Red Hood and the Outlaws se dividem em dois novos títulos: Red Hood/Arsenal, com roteiro de Scott Lobdell e arte de Denis Medri; e Starfire, com Estelar em carreira solo, escrita por Jimmy Palmiotti e Amanda Conner (também capista), com arte de Emanuela Lupacchino.

Embora não se saiba exatamente em qual versão, Batman Beyond ganha título escrito por Dan Jurgens, com arte de Bernard Chang. A Canário Negro estrela sua primeira revista mensal solo, com roteiro de Brenden Fletcher e arte por Annie Wu e Irene Koh. O Cyborg também ganha título próprio pela primeira vez, escrito por David Walker, com arte do brasileiro Ivan Reis.

A Liga da Justiça do futuro continua suas aventuras em Justice League 3001, mantendo a equipe criativa de Keith Giffen e Howard Porter. Já o Caçador de Marte ganha título com roteiro de Rob Williams e arte por Ben Oliver.

Meia-Noite, que anda aparecendo em Grayson, é o único personagem da finada Wildstorm a ganha título nessa nova fase, com roteiro de Steve Orlando. Até o obscuro Prez ganha nova encarnação, desta vez como uma garota, com roteiro de Mark Russell e arte por Ben Caldwell.

No espaço é a vez de um novo volume de Omega Men, com arte de Alec Morgan e roteiro de Tom King. Green Lantern: Lost Army é o novo título derivado de Lanterna Verde, com roteiro de Cullen Bunn e arte por Jesus Saiz e Javi Pina. Totalmente envolta em mistério está Doomed, escrita por Scott Lobdell, com arte de Javier Fernandez.

Na área das minisséries o destaque é Bizarro. Em seis edições, a mini deixa de lado o clone do Superman, resgatando o conceito do Mundo Bizarro, com roteiro de Heath Corson e arte do brasileiro Gustavo Duarte. Na mesma linha de humor está Bat-Mite, também em seis edições, escrita por Dan Jurgens, com arte de Corin Howell.

A Arlequina se une a Poderosa (resta saber qual das duas versões da heroína em atividade no momento) em Harley Quinn/Power Girl, também em seis edições, com roteiro de Jimmy Palmiotti e Amanda Conner e arte por Stephane Roux. Garth Ennis e John McCrea retornam ao mundo de Hitman com Section Eight, minissérie em seis edições estrelando a inusitada equipe do herói bebum Six Pack.

Mesmo alguns títulos mensais não cancelados passarão por mudanças. Geoff Johns deixará Superman, sendo substituído por Gene Luen Yang. John Romita Jr. continua na arte. Johns deu a entender que seu próximo projeto mensal será ao lado de Gary Frank, o que faz todos torcerem por uma revista de Shazam.

Green Arrow passará a ser escrito por Ben Percy, com arte de Richard Zircher, enquanto Aquaman terá roteiro de Cullen Bunn e arte de Trevor McCarthy. Catwoman passará a ser desenhada por David Messina.

A DC Comics é atualmente a segunda maior editora de quadrinhos nos EUA, conhecida por ser a casa de famosos super-heróis como Batman, Superman, Mulher-Maravilha, Liga da Justiça, entre outros. A DC é uma das mais antigas empresas do ramo, com mais de setenta e cinco anos de publicação contínua. Hoje em dia ela é um ramo da DC Entertainment, uma empresa maior que explora os personagens da DC em diversas mídias.

fonte.: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

facebook comments: