Juiz Dredd Especial: Democracia chega as lojas em clima de eleições

Por Nerd Start
Em HQs
set 25th, 2014
0 Comentários
144 Views

Juiz Dredd Especial Democracia-25SETEMBRO2014É e sempre foi difícil achar algo bom sobre as eleições. Neste ano, a própria lei vai dar uma ajudinha neste quesito, com um especial sobre o tema estrelado pelo maior representante da lei de Mega-City Um.

Uma nova onda ameaça varrer Mega-City Um, colocando em risco a própria estrutura da cidade. Uma onda chamada… democraria! Quando um pequeno grupo de ativistas democratas é massacrado pelas implacáveis forças da lei – personificadas no rosto pétreo do Juiz Dredd – a insatisfação toma conta das ruas e coloca em xeque todo o sistema judicial. Para resolver a questão, um plebiscito é convocado e os cidadãos da Megona agora têm a opção de escolher entre o livre-arbítrio democrático e o rigor do sistema judicial representado por Dredd. Qual será o resultado?

Juiz Dredd Especial: Democracia é um lançamento da Mythos Editora, com 84 páginas no formato 20,5 x 27,5 cm, ao preço de R$ 16,40.

O Juiz Dredd é um personagem de quadrinhos criado por John Wagner e Carlos Ezquerra. Apareceu pela primeira vez em 1977, nas páginas da antologia britânica 2000 AD. Dredd é um oficial da lei de uma violenta cidade no futuro. Contudo, nessa realidade, a função acumula os cargos de policial, juiz, júri e executor (quando necessário). O personagem ganhou duas adaptações cinematográficas, uma protagonizada por Sylvester Stallone e a outra por Karl Urban.

A Mythos Editora, empresa irmã do estúdio Art & Comics International, foi criada em 1996 e estreou na área de quadrinhos com títulos da DC Comics e outras editoras, além da linha italiana Sergio Bonelli Editore, que migrou daEditora Globo para a Mythos no final de 1998. Atualmente também é a casa de Conan e Hellboy. Desde janeiro de 2002, a editora faz a produção dos títulos da Panini Comics no Brasil.

fonte.: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

facebook comments: