Empresa japonesa lança tecnologia em robôs que pode salvar vidas no trânsito

Por Nerd Start
Em Tecnologia
set 25th, 2014
0 Comentários
177 Views

Ok, vamos ser honestos: estes brinquedos criados pela empresa japonesa Murata não vão salvar a vida de ninguém por conta própria. O que realmente faz jus ao título da matéria é a tecnologia que é aplicada nestes robozinhos, que, tem potencial para ajudar a evitar acidentes de trânsito, e, assim, evitar mortes.

A Murata desenvolve estes robôs que são capazes de interagir entre si e dançar em grupo de forma sincronizada. Para isso, eles precisam ser capazes de se comunicar utilizando microfones ultrassônicos e sensores infravermelhos. O algoritmo é capaz de informar a posição de cada um dos robôs para que eles consigam agir de forma sincronizada.

Por enquanto, os robôs são capazes apenas de executar rotinas pré-programadas, mas a empresa já trabalha em um sistema que permite a interação em tempo real. E é aí que a tecnologia começa a ser interessante para a segurança dos motoristas. De acordo com a empresa, a tecnologia poderia ser usada em redes de controle de tráfego com a intenção de reduzir acidentes.

Na verdade, a Murata desenvolve seus robozinhos apenas com o intuito de apresentar sua tecnologia; não há nenhuma intenção de colocá-los no mercado, por mais que a procura possa ser grande. A japonesa quer alavancar sistemas de comunicação entre veículos com o projeto, que já tem grandes concorrentes como Ford e General Motors, gigantes que também desenvolvem tecnologia semelhante.

“Acreditamos que a comunicação sem fio de dados de sensores pode se tornar uma infraestrutura central para a integração avançada de pessoas e objetos nas sociedades conectadas”, diz Yuichi Kojima, vice-presidente da empresa em um comunicado.

Enquanto esse dia não chega, você pode ver os robozinhos da Murata dançando alegre e simpaticamente no vídeo abaixo. Para se locomover, os robôs utilizam uma esfera e se mantém em pé por meio de três giroscópios internos.

 


fonte.: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

facebook comments: